Jovem morta em Lauro de Freitas foi abusada e assassinada na frente do filho

A jovem Michele da Hora de Melo, de 23 anos, que foi encontrada morta com uma corda amarrada no pescoço, na casa onde vivia em Lauro de Freitas, foi estuprada e morta na frente do filho de dois anos. As informações são do jornal Correio.

Segundo a publicação, a polícia acredita que o suspeito, o namorado da jovem, que tem 17 anos, tenha usado uma corda para enforcar a vítima, utilizando uma faca, do tipo peixeira, para fazer perfurações na cabeça e na altura do peito dela e ainda a abusado sexualmente. Toda a situação teria sido presenciada pelo filho que a jovem tinha com um ex-companheiro.

De acordo com familiares ao jornal, o adolescente teria dito que sentia ciúmes do ex de Michele, no entanto, ela não levava à sério e ficava rindo das declarações do namorado. O casal estava morando junto há dois meses e, apesar de nunca ter relatado agressões, nas últimas semanas a jovem teria pedido dinheiro aos familiares para que o adolescente pudesse voltar para Serrinha, cidade natal dele, pois ela pretendia terminar o relacionamento.

Após o crime, familiares chegaram à casa da vítima e a encontraram com uma corda amarrada ao pescoço, com a bermuda abaixada, sem calcinha e com os seios à mostra. Uma irmã de Michele ainda afirma ter visto o suspeito correndo de bermuda e sem cueca. A família alega também ter visto o adolescente lavando a faca suja de sangue antes de fugir do local do crime.

A Polícia Militar foi acionada para apurar a situação e o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc) foi chamado para realizar a remoção do corpo e a perícia. O suspeito segue foragido. O sepultamento de Michele acontecerá às 11h, de quinta (09), no Cemitério de Portão, em Lauro de Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *